Halestorm fala sobre o novo álbum 'Vicious'

Recentemente, o Halestorm concedeu uma entrevista ao Build Series em Nova York, a banda conversou sobre os detalhes do novo álbum 'Vicious' que será lançado no dia 27 de julho e seu primeiro single 'Uncomfortable'.

Confiram:

Sobre 'Vicious' ser o álbum que mais parece com o Halestorm:
Lzzy Hale (vocalista/guitarrista): "Na minha opinião, esse será o primeiro álbum... E nós sempre falamos isso, mas esperamos que tenhamos tornados melhores músicos conforme o tempo e cada álbum lançado. Mas esse será o primeiro álbum que vocês realmente poderão ouvir os quatro cantos do Halestorm e o que nos torna uma banda. E se vocês já nos viram ao vivo, eu acho que é o mais próximo do que viram. Em muitos desses álbuns que lançamos, 'Ok, nós temos uma música cativante e eu canto nela', e então é sobre isso. Portanto, há tantas camadas diferentes para esse álbum que tenho orgulho de mostrar a todos."
Sobre como eles conseguiram transferir essa sensibilidade ao vivo para o estúdio:
Joe Hottinger (guitarrista): "Eu acho que muito disso tem a ver com trabalhar com Nick Raskulinecz, nosso produtor. Ele é incrível. Ele é um grande fã de rock and roll. Por exemplo, nós tocamos em Nashville e ele foi no meio da multidão simplesmente enlouquecendo. Ele simplesmente adora isso."
Tempo que levaram para compor o álbum "Vicious":
Josh Smith (baixista): "Já faz mais de um ano. Mas nós também fizemos tudo - quase tudo - no estúdio de Nick, desde a pré-produção e a composição das músicas, passando-as e gravando-as como uma demo e depois gravamos novamente com algo mudado. Muitas dessas músicas foram gravadas três ou quatro vezes antes disso."
Se eles entraram no estúdio com todas as músicas escritas:
Lzzy: "Não, de jeito nenhum. Geralmente é assim que fazemos - quando temos todas as músicas prontas, todo mundo as aprovam, então nós vamos ao estúdio por um mês e gravamos. E depois a gente conversa sobre, tipo, "é bom? Eu não sei". E desta vez, não. Nós realmente não sabíamos em que direção queríamos nos colocar."

Joe: "Nós tentamos fazer isso. Quando foi mesmo? Verão de 2016, naquele inverno e outono, nós escrevemos um monte de músicas e elas ficaram boas. Elas eram realmente boas - elas teriam se saído bem na rádio e teria sido um bom álbum - mas não foi bom o suficiente. E nós sabemos, apenas como uma banda e como um gênero, nós temos que descobrir como nos elevar um pouco, fazer algo um pouco diferente e um pouco mais. Então, nós fomos para o estúdio em janeiro passado com o Nick e nós estávamos tipo, "Nós não sabemos o que fazer, cara. Nós escrevemos tudo isso e sabemos que está tudo bem, mas queremos ser melhores que isso.' Então ele nos disse, 'Tudo bem. Legal. Vamos começar com nós cinco em uma sala, conecte-se e vamos começar a tocar. Mostre-me o que você tem.'"
Novo single "Uncomfortable":
Lzzy: "Liricamente, isso é sobre não ter remorsos de você mesmo. É algo que nós meio que defendemos e que eu tenho conversado muito com os fãs. On-line, eu tenho um relacionamento incrível com essas pessoas que são bobas o suficiente para nos seguir. Especialmente atualmente, você não pode deixar todo mundo feliz - você simplesmente não pode - e eu sei que tem sido uma luta pessoal para mim ao longo da minha vida. Tudo bem se você não puder deixar todo mundo feliz. Faça-se feliz, seja você e tenha orgulho de que, sendo você mesmo, você deixará muita gente desconfortável."

Arejay Hale (baterista): "Este foi um dos primeiros jams que fizemos no estúdio. Parece que toda vez que vamos ao estúdio depois da turnê, nos sentimos como uma panela de pressão. Parece ser um padrão. Com o último álbum, foi 'Mayhem'; com anterior dele, foi 'Love Bites'. Essas músicas, nós ficamos como: 'Nós só queremos fazer algo louco, com muita energia, divertida de tocar e muito divertido de se ouvir - coisas que gostaríamos'. E apenas por pura sorte, acabam sendo o primeiro single. Todo mundo na equipe pensou "Sim, nós gostamos da energia disso. Vamos fazer isso."
Se críticas sobre "Into The Wild Life" (2015) soar pop acabaram influenciando a direção musical de "Vicious":
Lzzy: "Sim, absolutamente. A melhor coisa sobre os álbuns, nós tratamos toda a nossa carreira como... momentos da nossa vida. E na época em que estávamos escrevendo o último álbum, 'Into The Wild Life', eu acabei escrevendo muitas músicas no piano, era apenas o tipo de humor que nós estávamos. Três de nós nos mudamos para Nashville, então conhecemos esse produtor, fomos a primeira banda de hard rock que ele trabalhou."

Arejay: "Uma coisa legal sobre Nick, foi que ele nos viu ao vivo várias vezes, então ele entendia o que nós éramos. Muitas pessoas dizem 'Uau, vocês soam tão diferentes ao vivo', então ele nos disse "Sabe de uma coisa? Aposto que eu poderia capturar isso", e é por isso falamos que este é álbum que mais se parece com o Halestorm até hoje."
Por [KEET] - segunda-feira, junho 04, 2018

Halestorm divulga detalhes do novo álbum e lança novo single

Hoje (30), o Halestorm divulgou detalhes do seu novo álbum, intitulado "Vicious", gravado no começo do ano, no estúdio Rock Falcon em Nashville e produzido por Nick Raskulinecz, o quarto álbum de estúdio da banda será lançado no dia 27 de julho. A pré-venda já está disponível na loja oficial da banda, incluindo bundles limitados, clique aqui para conferir.

Capa do álbum e tracklist:

1. Black Vultures
2. Skulls
3. Uncomfortable
4. Buzz
5. Do Not Disturb
6. Conflicted
7. Killing Ourselves To Live
8. Heart Of Novocaine
9. Painkiller
10. White Dress
11. Vicious
12. The Silence

Foi lançado também o clipe do primeiro single "Uncomfortable" no canal oficial da banda, o mesmo foi dirigido por Evan Brace (Phantogram, Taking Back Sunday).
Assista abaixo:
Por [KEET] - quarta-feira, maio 30, 2018

Lzzy Hale está super empolgada para o lançamento do novo álbum

Em entrevista recente, a vocalista/guitarrista, Lzzy Hale comentou sobre o próximo álbum de estúdio do Halestorm que está previsto para ser lançado no segundo semestre do ano. Segundo ela, o álbum capta mais de perto a energia dos shows ao vivo da banda.

Ao ser perguntada pela estação de rádio de Boston, WAAF o motivo da banda ter escolhido trabalhar com o produtor Nick, ela respondeu:
"O EP de covers foi um tipo de teste. Porque essas coisas são seguras e fáceis, e é meio que a nossa maneira de testar as pessoas. Então, estávamos pensando '"Vamos trabalhar com o Nick e ver se realmente gostamos do cara" e ele é ótimo. É um grande fã. E tenho que dizer, nós temos falado muito sobre isso  - ele é, eu acho, o primeiro e verdadeiro produtor de Rock que já tivemos, então é muito legal poder simplesmente entrar na sala e não ter que conversar "Ah, não, não. É legal. Podemos fazer isso, somos uma banda de Rock". Com ele foi diferente, ele já nos falava "Oh não, isso não é tão pesado, você tem que deixar mais pesado" e eu fiquei tipo "Ok, legal. Incrível."

Enquanto estamos no aguardo do lançamento do primeiro single, ela disse "muito em breve" lançarão uma amostra do novo álbum:
"Estamos nos certificando de que temos tudo preparado para finalmente lançar para vocês. Mas estamos super animados". Ela ainda acrescentou: "Eu sinto que isso é o mais... Todo álbum, nós tentamos chegar mais perto do que as pessoas veem todos os dias ao vivo. E eu realmente acho que esse é o álbum mais Halestorm que você vai ouvir de nós até agora."
No começo do ano, quando a banda voltou aos palcos pela turnê com o Stone Sour no Canadá, apresentou uma nova música intitulada "Black Vultures" logo na abertura show. E neste mês, a banda apresentou mais uma nova, intitulada "Uncomfortable".

Uncomfortable:


Black Vultures: 
Por [KEET] - sexta-feira, maio 18, 2018

Novo álbum do Halestom está quase pronto


Em recente entrevista ao programa "Trunk Nation" do Eddie Trunk na SiriusXM, Lzzy Hale e Joe Hottinger conversaram sobre o processo de gravação do álbum sucessor de 'Into The Wild Life' (2015) e disseram que a banda está quase finalizando as gravações e que está "soando incrível".

Leia mais:
De acordo com o guitarrista Joe Hottinger, a banda passará algumas semanas em turnê com o Stone Sour antes de retornar aos estúdios para finalizar o álbum. Sobre a direção musical do novo material, Joe disse "Está incrível. É o material mais pesado que fizemos." Lzzy concordou e adicionou "Nós não estamos os mesmos, porque você sabe como é um ciclo de álbum, ficamos três anos em um álbum e você fica completamente outra pessoa do começo ao final dele. Então, é difícil para nós voltarmos a ser como éramos antes, sendo assim, continuamos seguinte em frente."

Joe também descreveu o processo de gravação do novo álbum como: "Muito diferente dos últimos três. Em janeiro, estivemos com Nick e ficamos como 'Não sabemos o que fazer. Não temos nenhuma música escrita, nem nada'. E ele 'Isso é bom'. Esse foi seu forte", explicou Joe. "Ele trabalhou com Korn, Rise Against e Deftones. Isso é o que ele faz. Ele também nos perguntou 'Quando foi a última vez que vocês estiveram numa sala e compuseram juntos?' e nós 'Wow, há muito tempo' então ele nos disse 'Vamos começar' e nós 'Ok' e então pegamos um riff e começamos nossa jam session', de repente ele chega e fala 'Isso foi legal. Faça mais uma vez'. E assim, nós estávamos começando a fazer músicas do nada. Foi muito legal."

Lzzy acredita que a composição do novo álbum do Halestorm é superior a de todos os esforços anteriores, algo que ela atribui ao grupo encontrando "nosso mojo novamente e apenas nosso lugar. Acho que será a primeira vez que você poderá realmente ouvir o que todos trazem à mesa em nossa banda, em vez de ser tipo: 'Oh, tudo bem, Lzzy canta e há algo acontecendo no fundo', disse ela. "Especialmente, considerando meu irmão [Arejay Hale] como baterista. Nick é como o encantador de bateria. Ele simplesmente o ama, e ele é um nerd de bateria. Ele fez os últimos dois discos do Rush, e ele apenas tirou algumas coisas do Arejay que nós todos nos perguntamos: 'Como você conseguiu fazer isso?' O que nos surpreendeu muito com o nosso irmãozinho, porque o conhecemos tão bem. Ele está em um outro nível e ele finalmente tem um produtor que tem paciência e...não sei... eu quero dizer, em questão psicológica [risos]... em como tirar tudo isso de dentro dele".
Por [KEET] - sábado, fevereiro 03, 2018

Halestorm apresenta nova música em show

http://loudwire.com/lzzy-hale-halestorm-next-album-double-down-on-rock/
No dia 27 de janeiro, o Halestorm voltou aos palcos pela turnê com o Stone Sour no Canadá e apresentou sua nova música intitulada "Black Vultures" logo na abertura show.

Confira:
Por [KEET] - terça-feira, janeiro 30, 2018

Lzzy Hale recebe homenagem no Hall Of Heavy Metal History

Ontem (24), aconteceu na Califórnia, a cerimônia do Hall Of Heavy History de 2018 e Lzzy Hale esteve entre os artistas homenageados. A organização tem como missão consagrar grandes nomes do Heavy Metal e ajudar na luta contra o câncer. Todo o dinheiro arrecadado no evento foi doado à instituição Ronnie James Dio Stand Up And Shout.

Foto:

Apresentação - It's Not You/I Miss The Misery:
Por [KEET] - quinta-feira, janeiro 25, 2018

Lzzy Hale participa de show do Avenged Sevenfold

Ontem (12), Lzzy Hale fez uma participação especial no show da banda Avenged Sevenfold em Nashville, Tennessee. A vocalista/guitarrista subiu ao palco durante a apresentação do cover "Wish You Were Here" da banda Pink Flyod.

Vídeo:
Por [KEET] - sábado, janeiro 13, 2018

Halestorm no Loudwire Awards 2017

Aconteceu ontem (24), mais uma edição do Loudwire Awards, o Halestorm estava concorrendo na categoria "Fãs Mais Dedicados" e infelizmente não levou o prêmio para casa, a banda vencedora foi Baby Metal.

Além disso, a banda realizou uma performance de "Cherry Bomb (The Runaways)" ao lado de Lita Ford e homenageou Chris Cornell, apresentando "Fell on Black Days" do Soundgarden.



E Lzzy Hale foi a responsável em receber o prêmio de Chester Bennington, vencedor na categoria de "Melhor Vocalista" e prestou uma homenagem com um discurso anti-cyberbullying.

Isso é para Chester fucking Bennington, uma voz de uma geração inteira que perdemos neste ano. Eu gostaria de um minuto em frente a vocês para lembrar a todos que vocês não estão sozinhos. A vida é muito difícil, realmente é. E todos nós temos monstros, demônios e vícios que batalhamos diariamente, todos nós temos. E como humanos, nós somos responsáveis por todo mundo. Nós temos a responsabilidade com cada um para levantarmos uns aos outros, pois todos estamos juntos nessa, todos nós.

Então eu gostaria de te emponderar em se levantar e parar o cyberbullying. Pare de odiar as pessoas por motivos idiotas. Estamos em 2017. Vamos acabar com essa merda hoje. E em vez de vomitar comentários ignorantes e de ódio, que tal deixarmos uma mensagem de amor, encorajamento, esperança, empoderamento e rock and roll, que tal isso? Eu vi isso logo de cara na minha carreira e acho que vocês podem concordar com isso. Eu vi logo de cara o poder da palavra, e como um tipo de comentário pode mudar o curso da vida de alguém. Pode mudar o que ela faz, quem ela quer amar e lhe dar algo para que ela possa viver. Então lembre-se, antes de você começar a discutir algo no Facebook, lembre-se que você tem poder suficiente para realmente ajudar alguém ou realmente machucar alguém. Então escolha espalhar positividade em vez de negatividade, ok?

E Chester, nós te amamos. Você fará falta e eu sinto muito que você sentiu que você tinha que ir embora dessa forma. Mas todas as pessoas aqui hoje e todos os homens e mulheres que você curou através da sua música, você nos lembra que nós não estamos sozinhos. Através de todos nós, você, sua música, sua mensagem e sua voz continuará vivendo para sempre.
Por [KEET] - quarta-feira, outubro 25, 2017