Show esgotado hoje em Flint


Hoje o Halestorm realizará um show em Flint, Michigan com todos seus ingressos vendidos e o mlive realizou uma matéria especial sobre a banda em seu site.

Confiram a tradução


Flint, Michigan - Com as entradas esgotadas para o show em The Machine Shop hoje (18.05) em Flint, os rockeiros consideram a cidade como sua segunda casa.

"É impressionante e incrível como eles amam rock n' roll lá", disse o baterista Arejay Hale, irmão da vocalista Lzzy Hale. "É realmente reconfortante para mim, ser um fã de rock n' roll e ao mesmo tempo ser um músico, saber que nós temos pessoas lá fora que pensam como nós. É muito especial. Eles são loucos, e nós também somos."

Fazer shows em The Machine Shop e por todo o mundo têm sido inspirante para Halestorm. A banda canalizou todos esses sentimentos no último álbum lançado "The Strange Caso Of... Halestorm", que chegou nas lojas no dia 10 de abril.

"Muito disso [da inspiração] veio das turnês, ter a experiência de turnês por nossos cintos," disse Hale, via telefone de Nashville enquanto ele estava saindo do hotel para a rua.

"Indo do último álbum, foi como um sopro na mente de quão inspirante foram todos os fãs. Nós saímos para estes festivais. Chegamos a tocar em festivais na Europa e na América. As pessoas estavam lá do lado de fora sob o Sol quente durante 18 horas. Eles chegam no início da madrugada e ficam lá na frente do palco praticamente todos os dias e ficam até 1h ou 2h da manhã do dia seguinte - sem comida, sem água. Eles apenas vão lá e só querem rock. Depois de ver tudo isso nós percebemos que eles são o mesmo tipo que nós, estamos loucos para fazer tudo de novo."

A experiência estimulou os sulcos criativos e Halestorm escreveu os novos sons: "Freake Like Me" e "Rock Show."

"Rock Show foi escrita depois de uma das nossas fãs, essa garota, escreveu uma carta para nós e nos falou da experiência dela em ir em um dos nossos shows e o quanto isso lembrou de nós, tipo, indo para shows enquanto crescíamos, indo a shows quando crianças", disse Hale.


Mas há uma sutil dualidade em "The Strange Case Of... Halestorm".

"Eu acho que nós sentimos como se já nos estabelecemos com o nosso primeiro disco", disse Hale. "Com este, queríamos ir um pouco mais, por isso o tema, "The Strange Case of … Halestorm". Ele é baseado no velho Dr. Jekyll e Mr. Hyde romances que Lzzy e que eu crescemos lendo. O álbum, quando foi concluído, teve essa dualidade estranha para ele. Tinha as músicas mais pesadas que jamais foram escritas e as músicas mais intímas que tínhamos escrito ao mesmo tempo. Então nós meio que vinhemos com essa dualidade em todo o tema, ele tem dois diferentes sentimentos. "

Hale explicou que o processo de gravação foi divertido e relaxante para Halestorm, ao contrário da produção de seu álbum lançado em 2009. A banda foi capaz de experimentar um pouco mais e ser "egoísta".

"No nosso último disco, estávamos trabalhando com nossa gravadora e nosso cara do A & R e tentando torná-lo apto na rádio e  apto esse formato e naquele formato", disse Hale. "Nós realmente tentamos não mostrar muito de nós mesmos, mas tipo que fazer isso, então foi mais poético e voltado para o que quer ouvir ou voltado para o que você quer que a rádio toque."

"Com este disco, mais egoísta. Nós estávamos indo para escrever as canções que realmente queríamos escrever e queríamos escrever riffs mais pesados​​. Queríamos escrever esse metal punk na música "Love Bites (So Do I).' Queríamos escrever esta música realmente íntima como "Break In". Então eu acho que é muito mais divertido de se ouvir e muito mais divertido de gravar também. "

Halestorm se tornou a primeira banda com líder feminina a marcar um No. 1 no hit "Love Bites" nas paradas de rádio ativas.

"Fiquei totalmente chocado", disse ele. "Eu pensei que alguém nos bateria. Eu não tinha idéia de que isso era verdade. Foi realmente incrível."