-Mais de One and Done

Uma vez que o melhor segredo guardado da Pensilvânia central, Halestorm é rápido
em colidir com o centro das atenções nacionais. O lançamento de seu EP One e Feito
documentos da chegada retumbante, capturando a energia ea intensidade de um
show ao vivo. Halestorm, que escreveu suas próprias músicas
e recurso
edgy a vocalista Lizzy Hale, combina autenticidade e originalidade de uma
rock star em destaque.

Revisão pessoal: Um e PE feito pelo Halestorm
Tem sido uma escalada longa e lenta para Halestorm Pensilvân
ia para realmente obter
notado, mas a julgar pelo "One And Done" EP, lançado o primeiro de uma
grande gravadora, que está prestes a acontecer. Eles sempre diz
em que o show faz uma
banda, então o que Halestorm fazer para a sua primeira impressão memorável?
Eles fizeram "One And Done", um EP ao vivo. Isso mesmo. Um pouco de uma jogada arriscada
mas funciona muito bem. A julgar pela forma como esta banda mantém-se vivo, vai ser
incrível ouvir o que a banda tira sobre o próximo longa-metragem ou álbum. Você pode conhecê-los a partir de passeios com os gostos do Seether,
Shinedown e Trapt, mas marca minhas palavras: Halestorm que em breve será um nome da casa própria.
Soa como: um bom ritmo de menina- A vocalista Lzzy Hale tem uma voz incrivelmente ousada que me faz lembrar de um moderno-dia Janis Joplin.
- Todas as cinco canções de embalar um álbum inteiro de energi
a.
- A música é bruta, mas a composição é excepcional.
O Mau:
- A banda recebe um pouco confuso ao longo do tempo, mas é ao vi
vo, e isso não é o seu "perfeccionista" banda meio.
- É muito curto! Mas afinal de contas se trata de um EP
Futuro: Ouça Lzzy sair no final do "Toma Minha Vida", ou maravilhe-se com o pop-sensibilidades de "It's Not You". Estes rapazes e uma moça tem um futuro brilhante pela frente.
Pessoalmente: Eu fico querendo mais. material antigo da banda é difícil passar por aqui, mas vale a pena procurar.
Melhor ouvidos quando: Você quer algo para baixo e sujo e real.