Rolling Stone entrevista Halestorm

Em entrevista para a revista Rolling Stone, a banda falou sobre a experiência de tocar com Roger Hale, pai de Lzzy e Arejay Hale, as primeiras performances, a importância de shows ao vivo e a relação com os fãs.

Confira:
Nos primeiros anos do Halestorm, o grupo contou com um membro importante, além de colegas de banda e irmãos Lzzy e Arejay Hale: seu pai, Roger Hale. A banda falou sobre seus primeiros anos e como era tocar com seu pai durante uma visita aos escritórios da Rolling Stone.
"Se você olhar para qualquer coisa no YouTube, eu tinha grandes ideias para a coreografia," Lzzy Hale revela sobre shows mais antigos da banda. No final dos anos noventa, os então adolescentes não só colocavam  performances mais interpretativas de suas canções, mas também recrutaram seu pai para assumir funções no baixo. "Quando você tem 13, seu pai ainda está legal, e então assim que você chega aos 14, 15, é como, 'Pai, vamos olhar para as pessoas da nossa idade agora"', admite Hale.
"Mas foi bem legal ser como chefe em torno de nossos pais", Arejay acrescenta.
O patriarca Hale ficou na banda até 2004, quando Josh Smith assumiu no baixo arredondando o quarteto, que tinha acrescentado Joe Hottinger na guitarra um ano antes. Mais de uma década depois, o Halestorm ainda continua forte e lançou seu terceiro álbum, Into the Wild Life, em abril do ano passado. Ainda assim, o palco é onde eles mais brilham. "Tivemos mais de mil apresentações sob nossa responsabilidade antes de termos assinado com uma gravadora.", diz Hottinger. "É o que sempre fizemos: tocar em shows e tentar fazer momentos no palco. Não é trabalho, é só diversão."
Um aspecto importante de manter a banda prosperando é que os fãs, especialmente os jovens que olham para Lzzy Hale como sua maior influência hard-rock. "É muito legal ser essa pessoa para eles", disse a vocalista e guitarrista revela. "Nós somos a prova de que você pode fazer absolutamente qualquer coisa que você quer na vida, desde que você continue fazendo isso e não desista de viver."
Clique aqui para acessar o site da Rolling Stone e conferir o vídeo da entrevista.