• Tradução:


    Eu tenho escrito e apagado o seu nome de mil maneiras no meu livro,

    Eu tentei ser indelicado, talvez causar-lhe para voltar,

    E dê uma boa olhada,

    Eu tento tomar posição, mas parece nunca acabar neste lugar,

    Estou roído até ao osso, pelo tempo que eu ficar a sós,

    Eu mesmo conheci meu próprio rosto ...


    Você me confunde, e me corrije,

    E está tudo bem, até que alguém toma a minha vida,


    Eu te pego no ato, eu lutei para trazer de volta a meus olhos,

    Eu deixei tudo sozinho, dizendo: "Algum dia você vai voltar para casa",

    Em minha mente,

    O outro lado da cerca parece sempre a dobrar a sua opinião,

    E eu estou tentando, então eu vou deixar meu cartão com você ...


    Você me confunde, e corrijam-me,

    Tudo bem, até que alguém toma a minha vida,

    E então você vai me quebrar e refazer-me,

    É ainda muito bem, até você pegar a minha vida,


    Volte ... Hey, hey, hey,

    Oh Volte,

    Então você vai levá-lo, e reformá-lo,

    Ah, é só me dizer que estou bem ... bem .. bem ... Você me confunde!

    E corrijam-me, você me corrija,

    E me diga que estou bem, bem, bem,

    Até que você tomar, você toma, você tomar, você toma,

    Então você me quebrar,

    E refazer-me,

    Oh, me diga que eu estou bem, bem, bem,

    Até que a minha vida,


    Para trás!

    Para trás!

    Por Vanessa Oliveira - terça-feira, novembro 16, 2010